Gestão de negócios em escala: como crescer (muito) seu faturamento, sem crescer seu custo!

Facebook
Twitter
LinkedIn

 

Para se manter ativa no mercado, uma empresa precisa ter diferenciais competitivos que possam ajudá-la a se destacar perante a concorrência. Aliado a isso, é fundamental que todo empreendedor saiba desenvolver uma boa gestão de negócios. Muitas empresas com bons produtos e serviços acabam indo à falência justamente porque não apresentaram uma boa gestão de negócios.

Dentro dessa administração estratégica e assertiva, um ponto de destaque é a produção em maior escala, com menor custo. Conhecido como economia em escala, esse modelo é essencial para que as empresas consigam se consolidar, reduzindo custos internos que permitem repassar aos clientes produtos de qualidade a preços competitivos.

Se você quer impulsionar a gestão de negócios da sua empresa, não deixe de conferir na sequência deste artigo o guia completo para produzir em maior escala e com menor custo.

Saiba o que é economia em escala

Antes de aplicar esse modelo em seu plano de gestão de negócios, é importante conhecer as características e objetivos dessa estratégia. De forma simplificada, a economia de escala acontece quando o custo médio de produção fica mais barato conforme a empresa aumenta a quantidade de produtos produzidos.

Esse é um modelo bastante utilizado por empreendedores de startups que almejam fazer a empresa crescer. Assim, esses empresários buscam manter um bom fluxo de vendas, considerando o menor custo possível para determinado item.  

Para que essa gestão de negócios se torne realmente efetiva, é necessário calcular tudo o que envolve a produção do produto, desde a mão de obra até os maquinários utilizados na fabricação. Após essa análise, caso não haja um aumento no custo da produção, o valor final do item comercializado certamente ficará mais em conta para o consumidor, pois a companhia possui um estoque maior a sua disposição.

 

É importante ressaltar que a economia em escala pode ser classificada de duas formas diferentes:

  • Economia de escala real: ocorre quando há menos fatores utilizados com o aumento da produção. 
  • Economia de escala pecuniária: acontece quando o valor pago pela aquisição de insumos é menor com o aumento da produção.

Veja quais são as vantagens de adotar esse modelo na sua gestão de negócios

Depois de conhecer a estrutura da economia em escala, que te ajudará a produzir mais e com menor custo, vamos apresentar outras vantagens bastante interessantes sobre aplicar esse modelo na sua gestão de negócios.

Redução de custos

Como já mencionado, ao aplicar a economia em escala na sua gestão de negócios, a empresa conseguirá reduzir os custos internos e, consequentemente, alcançará um lucro maior com as vendas, pois o custo médio da produção diminui consideravelmente.

Além disso, a economia em escala pode levar à redução de custos em outras áreas importantes da empresa, como marketing e distribuição, melhorando também o controle financeiro do negócio.

Preços competitivos

Esse modelo, quando bem planejado, também proporciona outro ganho importante para as empresas, que tem a ver com os preços competitivos dos produtos. Com a compra/produção em maior escala, a empresa conseguirá obter vantagens financeiras, que irão ampliar o estoque. Com isso, o produto final chegará aos consumidores com um preço mais acessível.

No artigo de hoje, mostramos como uma gestão de negócios pautada pela economia em escala pode fazer com que a sua empresa produza mais, com menor custo.

 

Posts relacionados:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.