Por que você deve sair das suas “Redes Sociais” URGENTEMENTE?2 min read

Alerto sobre as redes sociais há um tempo e hoje, muitas autoridades demonstram a mesma preocupação. Há coisas boas também? Claro! Democratização da informação, menor manipulação de mídias e excelente canal de relacionamento e marketing.

Mas entenda que as redes sociais TE DEIXAM:

1️⃣ BURRO: o algoritmo te mostra apenas conteúdo que você gosta e/ou concorda. Assim, você acaba vivendo numa bolha bitolada. Um dos grandes segredos para evolução e sabedoria é conseguir observar diversos pontos de vista, mas não é o que acontece.

2️⃣ MAL INFORMADO: democratizar a informação tem vantagens e desvantagens, sendo a principal delas as Fake News . Internet e redes sociais são “terras sem lei”, qualquer um divulga uma notícia ali, pessoal ou de terceiros. Normalmente, não temos saco para ir atrás da veracidade, espalhando grandes mentiras.

3️⃣ INSEGURO: ninguém posta fotos feias, dívidas, problemas pessoais ou profissionais. Por mais que você saiba que muito daquilo não é real ou apenas a parte boa da vida da pessoa, seu subconsciente não sabe disso. Como ele é maior que seu consciente, você acaba se comparando com os outros, podendo se tornar deprimido ou inseguro!

4️⃣ IMPRODUTIVO: VICIAM! Os maiores neuro-cientistas do Mundo trabalham em redes sociais para descobrir como te viciar mais, principalmente através do “ciclo de recompensa” de um neurotransmissor chamado DOPAMINA. Para uma rede social gerar valor, as marcas analisam 3 coisas:

✔️muitos usuários,

✔️acessos por usuário e

✔️tempo de permanência. Ou seja, elas vão trabalhar para te viciar e te PRENDER ali dentro!

5️⃣ FRACASSADO: Quando você ganha “likes, compartilhamentos, comentários, seguidores”, seu cérebro libera Dopamina e seu corpo entende: “Isso é bom, deve me manter seguro, eu preciso disso para sobreviver!”. É a mesma Dopamina liberada numa conquista pessoal ou profissional de anos dedicação. Qual é mais fácil e rápido?

✔️RESULTADO: você fica preguiçoso e procrastinando, pois fica inconscientemente buscando as “mini-cargas” de dopamina de curto prazo das redes sociais, ao invés de batalhar consistentemente por anos…

Comentários: