Quantidade de investidores em criptos salta 68% no Brasil, apontam dados da Receita

Facebook
Twitter
LinkedIn

Compras de Bitcoin, no entanto, caíram 26% no mesmo período, apontam dados mais atuais divulgados pelo órgão

 

Mesmo em meio ao “inverno” das criptomoedas, com quedas de preço superiores a 70%, a quantidade de investidores Pessoa Física nessa classe de ativos no Brasil saltou aproximadamente 68% em um mês, segundo a Receita Federal. De acordo com relatório divulgado nesta semana pelo órgão, com os dados mais atualizados, o número subiu de 794.755 para 1.336.715 entre junho e julho deste ano.

Desde que o informe de operações com criptos à Receita virou obrigatório, em 2019, é a primeira vez que a apuração mensal da quantidade de investidores chega à casa do milhão.

Os dados levam em conta os CPFs que realizaram aquisições de ativos digitais, de acordo com as as informações repassadas por exchanges de criptomoedas que operam no país, assim como reportes realizados diretamente por investidores individuais ou empresas – nesse caso, desde que o valor transacionado supere R$ 30 mil no mês.

A conta não envolve, por exemplo, usuários de plataformas que não cumprem a Instrução Normativa 1.888 (como as estrangeiras). Desse modo, a quantidade real de investidores brasileiros em criptos tende a ser bem maior.

Segundo um levantamento da Associação Brasileira das Entidades dos Mercados Financeiro e de Capitais (Anbima), divulgado em junho, a quantidade de investidores em cripto no Brasil já alcançava, naquela data, 2% da população, o que seria equivalente a 4,2 milhões de pessoas.

Ainda assim, o número divulgado pela Receita revela um crescimento expressivo ao longo do ano – quando comparado a janeiro, por exemplo, trata-se de uma alta de 200%.

Além disso, os dados mais recentes apontam que as mulheres passaram a representar uma fatia maior dos investidores individuais de cripto no país, com salto de 14,12% para 18,49% entre junho e julho. Já o número de CNPJs registrou leve queda de 11.786 para 11.342 no mesmo período, retornando a um patamar similar ao do mês de maio.

 

Por InfoMoney

 

Aulas ao vivo P5M, toda 3ª feira às 20h. Ao vivo e gratuitas, as melhores aulas que você já viu (palavra de honra) sobre como dominar os investimentos, negócios, finanças e empreendedorismo. Clique aqui e se cadastre.

Posts relacionados:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

plugins premium WordPress