Primeiro navio de grãos da Ucrânia deixa o país após o início da guerra

Facebook
Twitter
LinkedIn

Viagem foi possibilitada por um acordo com a Rússia mediado pela Turquia e ONU para a exportação desses insumos e também fertilizantes

 

Foto de arquivo tirada em 14 de junho de 2022 mostra grãos de trigo em uma instalação de armazenamento em uma fazenda perto de Izmail, na região de Odessa, em meio à invasão russa da Ucrânia

 

Um navio transportando grãos deixou o porto ucraniano de Odesa nesta segunda-feira, 1º de agosto, sob um acordo de passagem segura com a Rússia e seguindo para mercados estrangeiros, disse um ministro da Ucrânia. “O primeiro navio de grãos desde a agressão russa deixou o porto. Graças ao apoio de todos os nossos países parceiros e da ONU, conseguimos implementar totalmente o acordo assinado em Istambul”, disse o ministro da Infraestrutura, Oleksandr Kubrakov, no Twitter. Essa é a primeira partida do tipo desde que a invasão russa bloqueou o transporte através do Mar Negro, já há cinco meses.

 

Rússia e Ucrânia respondem por quase um terço das exportações globais de trigo. Mas as sanções ocidentais à Rússia e os combates ao longo da costa leste da Ucrânia impediram que os navios de grãos deixassem os portos com segurança. A viagem foi possível depois que a Turquia e a Organização das Nações Unidas (ONU) intermediaram um acordo de exportação de grãos e fertilizantes entre a Rússia e a Ucrânia no mês passado. O acordo visa permitir a passagem segura para embarques de grãos dentro e fora de Chornomorsk, Odesa e do porto de Pivdennyi. O ministro da Defesa turco disse anteriormente que o navio Razoni, com bandeira de Serra Leoa, carregado de milho, irá para o Líbano. Mais navios se seguirão, disse. Akar acrescentou que ancorará na costa de Istambul por volta das 12:00 GMT na terça-feira para uma inspeção conjunta.

 

Por Jovem Pan

 

Aulas ao vivo P5M, toda 3ª feira às 20h. Ao vivo e gratuitas, as melhores aulas que você já viu (palavra de honra) sobre como dominar os investimentos, negócios, finanças e empreendedorismo. Clique aqui e se cadastre.

Posts relacionados:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.