fbpx

OMS avaliará se varíola do macaco representa ‘emergência de saúde pública internacional’

Facebook
Twitter
LinkedIn

A Organização Mundial da Saúde (OMS) anunciou nesta terça-feira (14) que convocará uma reunião de seu comitê de emergência em 23 de junho para avaliar se a varíola do macaco representa uma “emergência de saúde pública de alcance internacional”.]A proliferação atual de casos é “incomum e preocupante”, declarou seu diretor Tedros Adhanom Ghebreyesus em coletiva de imprensa, para justificar esta futura reunião.

A varíola do macaco, que não costuma ser mortal, pode causar febre, dor de cabeça, dores musculares, dor nas costas, gânglios linfáticos inchados, calafrios e fadiga.

Depois aparecem erupções cutâneas (na face, palmas das mãos, solas dos pés), lesões, pústulas e crostas. Seus sintomas geralmente desaparecem dentro de duas a três semanas.

Segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), em 8 de junho, o número de casos confirmados da doença era de 1.300 no mundo em países não endêmicos, A varíola do macaco é endêmica em 11 países da África Ocidental e na África Central.

 

Por Estado de Minas

 

Construa uma vida sem preocupações financeiras com o CRG, seu plano único e completo com todas as carteiras de investimentos, clique aqui

Posts relacionados:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.