Musk pede que julgamento com Twitter seja adiado para novembro

Facebook
Twitter
LinkedIn
Musk processou o Twitter em julho e acusou a empresa de fraude por supostamente enganá-lo sobre a quantidade de contas bots na rede social (Imagem: REUTERS/Dado Ruvic/Ilustração)

 

Elon Musk pediu nesta terça-feira adiamento para novembro do julgamento sobre o acordo de compra do Twitter.

Musk e o Twitter protagonizam uma disputa no tribunal de Delaware e um julgamento de cinco dias está programado para começar em 17 de outubro.

O Twitter quer que o tribunal mande Musk fechar a compra da empresa pelo valor acordado de cerca de 44 bilhões de dólares, enquanto Musk busca deixar a transação sem pagar uma multa de 1 bilhão de dólares, alegando que o Twitter violou o contrato.

Musk pediu ao juiz permissão para que os dois lados sigam apresentando seus casos até 10 de novembro, antes de conferência para discutir quais evidências poderão ser apresentadas no julgamento. O empresário disse que um julgamento poderia começar no final daquele mês “sujeito à disponibilidade do tribunal”.

Musk processou o Twitter em julho e acusou a empresa de fraude por supostamente enganá-lo sobre a quantidade de contas bots na rede social.

Um documento divulgado nesta terça-feira revelou que Musk enviou uma carta adicional de rescisão do acordo ao Twitter, para incluir uma recente denúncia de um ex-chefe de segurança da empresa como um dos motivos para desistir do negócio.

 

Por MoneyTimes

 

Aulas ao vivo P5M, toda 3ª feira às 20h. Ao vivo e gratuitas, as melhores aulas que você já viu (palavra de honra) sobre como dominar os investimentos, negócios, finanças e empreendedorismo. Clique aqui e se cadastre.

Posts relacionados:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

plugins premium WordPress