Eletrobras (ELET3) quer enxugar Conselho de Administração em reforma interna

Facebook
Twitter
LinkedIn

Eletrobras (ELET3) está conduzindo uma operação interna para reduzir o Conselho de Administração, conforme comunicado da companhia.

Segundo o documento, arquivado na Comissão de Valores Mobiliários (CVM), o Conselho de Administração da Eletrobras pode ser reduzido de 11 para 9 membros.

Segundo a companhia elétrica, o objetivo é adequar o estatuto social às melhores práticas do mercado e de governança corporativa.

Além disso, vale lembrar que a empresa disse que a nomeação de Carlos Augusto Leone Piani foi ‘sem efeito’. O executivo foi eleito para o Conselho da empresa via Assembleia Geral Extraordinária (AGE), contudo não tomou posse.

A empresa, que foi privatizada ainda este ano em uma operação de emissão de ações bilionária, cita que enxugar o Conselho faz parte de uma reforma de seu Estatuto Social.

A Eletrobras também aprovou recentemente a assinatura do termo aditivo ao acordo de acionistas que foi celebrado entre a empresa e a estatal Empresa Brasileira de Participações em Energia Nuclear e Binacional (ENBPar), nova controladora da Eletronuclear S.A.

aditivo da Eletrobras visa unificar o Comitê de Auditoria e do Comitê de Riscos, previstos no acordo de acionistas, em um comitê único, chamado de Comitê de Auditoria e Riscos da Eletronuclear.

Além disso, o aditivo da Eletrobras também determina que o novo comitê seja composto por 5 membros considerados independentes, de modo que ao menos um deles deverá ser membro do conselho de administração da Eletronuclear.

 

Veja os dividendos e o desempenho da Eletrobras

A companhia, recentemente, também comunicou um pagamento de R$ 1,3 bilhão em dividendos já neste dia 9 de setembro, com valor por ação atualizado.

Os dividendos foram aprovados na Assembleia Geral Ordinária em 22 de abril. Ou seja, terão direito de receber os proventos os acionistas da Eletrobras que tinham posição ao final do pregão de 22 de abril.

Serão R$ 0,773 pagos por ação ELET3.

Segundo dados do Status Invest, a empresa soma um dividend yield (DY) de 1,72% nos últimos 12 meses se consideradas as ações ordinárias.

Nos últimos 12 meses, os papéis da Eletrobras sobem 33%, cotados a atuais R$ 44,87.

 

Por Suno

 

Aulas ao vivo P5M, toda 3ª feira às 20h. Ao vivo e gratuitas, as melhores aulas que você já viu (palavra de honra) sobre como dominar os investimentos, negócios, finanças e empreendedorismo. Clique aqui e se cadastre.

Posts relacionados:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

plugins premium WordPress