Coinbase é alvo de investigação da SEC sobre rendimento de criptos e produtos de staking

Facebook
Twitter
LinkedIn

Empresa, contudo, diz que investigação não “terá efeito material adverso” na condição financeira

 

A exchange de criptomoedas Coinbase (C2OI34), que tem capital aberto nos Estados Unidos, está sob investigação dos reguladores de valores mobiliários dos EUA (a SEC) sobre seus processos de listagem de tokens, bem como sobre seus programas de staking e produtos geradores de rendimento.

A informação foi divulgada pela companhia em seu balanço trimestral mais recente.

“A empresa foi intimada e recebeu solicitações da [Comissão de Valores Mobiliários dos EUA] para documentos e informações sobre determinados programas de clientes, operações e produtos futuros existentes e pretendidos, incluindo os processos da empresa para listar ativos, a classificação de certos ativos listados, seus programas de staking e seus produtos de stablecoin e geradores de rendimento”, escreveu a Coinbase.

A divulgação ressalta a forte fiscalização que a Coinbase enfrenta como um negócio de criptomoedas de destaque (e rigorosamente regulamentado) nos EUA. A empresa está sob pressão em várias frentes, incluindo sua crença de que certos tokens não são valores mobiliários e, portanto, isentos da alçada da SEC.

 

Por InfoMoney

 

Aulas ao vivo P5M, toda 3ª feira às 20h. Ao vivo e gratuitas, as melhores aulas que você já viu (palavra de honra) sobre como dominar os investimentos, negócios, finanças e empreendedorismo. Clique aqui e se cadastre.

Posts relacionados:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

plugins premium WordPress