O trabalho está mudando e a tecnologia está substituindo o trabalho de muita gente, um relatório do Fórum Econômico Mundial, The Future of Jobs, afirma que 65% das crianças que estão no primário hoje terão uma profissão completamente nova no futuro. Muitas carreiras desaparecerão e outras serão substancialmente alteradas. Até 2030, espera-se que a taxa de desemprego global salte cerca de 4 vezes, dos atuais 4,9% para 20%.

E no meio desse processo, os profissionais terão que se adaptar e se preparar para uma possível transição de carreira – já que muitas profissões deixarão de existir e outras vão surgir.

A demanda vai diminuir, então tudo que é automático e não demanda muito raciocínio e criatividade saiba que tem grande chance de ser substituído, a não ser que você cobre muito barato.

A Universidade Federal do Rio de Janeiro também elaborou um estudo que mostra as dez profissões com o maior número de trabalhadores no Brasil e qual a probabilidade de serem automatizadas com a Indústria 4.0. (Imagem abaixo)

Então onde você tem que focar? No que a máquina não consegue fazer: Habilidades (soft skills): liderança, comunicação, colaboração, gerenciamento do tempo, etc.

Segundo o Fórum Econômico Mundial as habilidades mais importantes são:

✔RESOLUÇÃO DE PROBLEMAS COMPLEXOS – Capacidade de solucionar problemas indefinidos e novos. Construída a partir de uma base sólida de pensamento crítico e criatividade.

✔PENSAMENTO CRÍTICO – O pensamento crítico envolve a capacidade de usar tanto a lógica quanto o raciocínio para questionar determinados problemas, identificar os “prós” e “contras”, ponderá-los e considerar as diferentes soluções para os obstáculos.

✔CRIATIVIDADE – O profissional criativo consegue conectar informações aparentemente diferentes e, a partir dessa conexão, construir ideias inovadoras para apresentar algo novo.

✔GESTÃO DE PESSOAS – Saber gerenciar pessoas é o mesmo que saber maximizar a produtividade.Isso inclui: motivar as equipes, responder às necessidades dos funcionários, ajudá-los a lidar com os problemas do dia a dia, entre outros tópicos.

✔LIDERANÇA – Comunicação, boa síntese, falar em público, conduzir uma negociação e estar à frente de uma equipe são necessidades cada vez mais exigidas para o ambiente profissional.

✔INTELIGÊNCIA EMOCIONAL – Reconhecer e avaliar as emoções das outras pessoas e estabelecer empatia com esses sentimentos visando sempre resultados desejados, são formas de desenvolver essa habilidade.

✔JULGAMENTO E TOMADA DE DECISÃO – Compreensão dos dados e análise de problemas passados podem ajudar a tomar decisões estratégicas e mais assertivas.

✔SABER ENCANTAR CLIENTES – Saber orientar os consumidores e oferecer mais experiência.

✔NEGOCIAÇÃO – Saber conversar com clientes, colegas e gestores e ter a persuasão para conseguir atingir seus objetivos durante uma negociação.

✔FLEXIBILIDADE COGNITIVA – Capacidade de ampliar o modo de pensar, imaginando caminhos alternativos para solucionar os problemas que surgem no cotidiano.

Se você tiver essas habilidades nenhuma maquina vai tomar seu trabalho nunca, você sempre vai ser essencial.

Fonte: InfoMoney